Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pelo Olhar Da Numerologia

Pelo Olhar Da Numerologia

19
Dez17

Semana de 22 a 31 | As tendências principais

 

22 a 31.jpg

 

 

Por ser época de natal, vou adiantar um pouco os textos das semanas, nomeadamente da última e consequentemente os textos de Janeiro, para também eu poder desfrutar de um Natal em família e sem as preocupações naturais do trabalho!

 

Portanto vamos já falar daquilo que serão as energias esperadas para a última semana do mês que vai de dia 22 até ao fim do ano, dia 31 de Dezembro de 2017. E assim é a energia para este final de ano que, de certa forma se vai apresentar calmo para quase todos os anos pessoais.

 

A energia para este final de ano exige de nós, não só capacidade de análise como capacidade de reflectir connosco. Pede de nós a capacidade de conversar com o nosso interior, em profunda análise para que a partir dessa conversa verifiquemos o que temos até aqui nas nossas mãos.

 

Pede que sejamos acima de tudo capazes de nos auto-avaliar! Será que o somos? A maioria de nós tende a conseguir com maior facilidade avaliar os outros do que a si mesmo, então, caso haja essa dificuldade pessoal, nada como pedir uma ajuda a alguém de extrema confiança. Façam este exercício de introspecção e análise juntos. Apesar de ser muito mais interessante e importante fazê-lo de forma autónoma. Mas o importante é fazer!

 

Esta semana, apesar da azáfama natural das festas, leva-nos a um recolhimento natural, tão natural que em muitos casos podem mesmo estranhar a pouca vontade para conviver. A verdade é que vontade para grandes agitações ou convívios será quase pouca ou até mesmo nenhuma.

 

Esta última semana do ano é bastante convidativa para fazer uma retrospectiva do ano todo. Leva-nos a andar o nosso próprio filme para trás, para vermos o que vivemos. Pede-nos essencialmente que, ao olhar atrás, percebamos onde falhámos e porque motivo, e onde estivemos bem, e porque razão o fizemos. É uma espécie de convite a analisar à lupa todos os detalhes das situações que temos vindo a experimentar.

 

Não será com toda a certeza uma época para atirar culpas ou para lançar farpas… é uma época que devemos aproveitar para melhor perceber o que falhou, o que correu mal… o que não voltaremos a repetir. Que erros fizemos da qual nos arrependemos. O que mudou em nós e que situações nos levaram à mudança, e porque razão mudámos afinal? O que nos fez nunca mais sermos os mesmos?

 

E, por outro lado o que nos motivou fortemente a manter as nossas convicções. O que nos fez manter firmes, de pedra e cal, sem abanar sequer? Porque razão ficámos nós onde e como estávamos? O que nos levou a tal?

 

Aqui é sem dúvida a vida a fazer-nos parar para que pensemos! Quem éramos em Janeiro, em quem nos fomos tornando, e quem somos realmente agora? O que mudou? E O que não mudou apesar de tudo? É a vida a colocar em nós o diário do nosso ano nas nossas mãos como que a dizer “agora vê as transformações que tiveste”. E todos sem exceção sofremos transformações, não só este 2017. Todos os anos nos levam a mudar algo. E onde e em que é que este 2017 tocou?

 

São estas algumas das perguntas que durante esta semana, pode ir fazendo, encontrando-se consigo e trazendo as respostas ao cimo, pois elas são deveras importantes para iniciar 2018 com um novo olhar, ou pelo menos com um eu mais renovado!

 

Certamente, algumas pessoas já começaram a sentir a energia de introspecção a pairar por aí no ar, outros porém, poderão senti-la mais tarde. O importante é conseguir ter um tempo para si onde consiga fazer este exercício.

 

É tempo também, agora, de começar a delinear estratégias e definir planos para o ano seguinte, tendo sempre em conta o que fora o ano que agora acaba. É tempo de estruturada e organizadamente começar a criar a expansão para a sua vida. E isto é na verdade uma preparação logo para Janeiro 2018, como uma preparação para o ano todo num geral. É aqui, que, apesar das festas e do pouco tempo para si, que deve encontrar um espaço para se encontrar consigo e começar a estruturar o ano que se segue.

 

Sem fazer como que um balanço da situação, acaba, pois, por se tornar insustentável planear de forma regrada e detalhada o próximo passo. Vejamos. Se não conseguir ver onde e porque houve falhas, como vai partir para um projecto seguinte? Poderá, neste caso sujeitar-se a falhar novamente! Pelo que há que fazer um trabalho mais solitário de analise primeiro, antes de iniciar uma nova aventura.

 

É aqui que se vai verificar a capacidade que temos em tomar as rédeas da nossa vida. Sim, é mesmo isso. Tomar as rédeas. Não se tomam decisões de vida assim, de ânimo leve. Há que avaliar bem as coisas… há que acima de tudo perceber o que se quer daqui para a frente.

 

Portanto espera-se uma semana mais lenta, e até pouco expansiva, onde nos é pedido que abramos as portas da vida para que façamos uma paragem em jeito de balanço. É-nos pedido que tenhamos capacidade de analisar pormenorizadamente tudo. Sem medos. Para perceber o que não mais queremos daqui em diante, e para que percebamos igualmente o que sem dúvida queremos que continue. Temos que ser nós mesmos a fazer, e até mesmo dizer o que queremos. Comunicar não só para nós como para os outros, aquilo que decidimos… as decisões que tomarmos aqui, serão as que vamos levar para 2018, pelo que é sem dúvida importante a análise. Com calma e sem pressas.

 

O que quero?

Com quem quero?

O que não quero mais?

Com que não dá mesmo para continuar?

O que quero continuar a fazer?

O que não quero de todo voltar a repetir?

O que aprendi de negativo, para não voltar a fazer?

O que aprendi de positivo para voltar a repetir?

Sou a mesma pessoa?

Em que pessoa me tornei?

Gosto daquilo que vejo?

Gosto da pessoa que hoje sou?

 

… Estas são, claro algumas perguntas que, a titulo de análise de fim de ano se podem fazer e que são importantes porque nos levam às conclusões que precisamos.

 

Aproveitem de forma positiva e construtiva esta energia da semana, evitando contrariar a lentidão da mesma!

 

Com votos e um Feliz Natal e de Um Próspero Ano Novo.

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Blogs Portugal

Seguidores Blogs Portugal