Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pelo Olhar Da Numerologia

Pelo Olhar Da Numerologia

24
Fev17

"Por quê eles e não eu'?" - A continuação. O outro lado!

porque.jpg

 

No seguimento do post anterior (aqui) vou hoje tentar passar a minha visão sobre a outra questão para onde a afirmação “por que é que uns têm tudo e eu não tenho nada” nos remete.

 

Ora já falei, no post anterior que o pensamento positivo e acreditar mais em nós é parte fundamental para alterar este tipo de estados.

Porém, há mais. muito mais…

 

Existe todo um trabalho interno a fazer quando este tipo de situações ocorrem, aliás, enquanto terapeuta, posso claro aconselhar e dar ferramentas para o cliente as trabalhar e implementar. Todavia, a mudança, vem do interior. Por muitas ferramentas e bons terapeutas que hajam, ninguém poderá ser mais eficiente que a própria pessoa.

 

É certo que, quando nos encontramos apegados a determinadas situações, sentimentos, pessoas…etc. existem claramente mudanças internas a implementar. Contudo, apesar de se verificar urgência numa mudança de padrões e romper com velhos hábitos, é necessário acima de tudo perceber. Não há terapias milagrosas.

 

Por muito que gostemos de ajudar pessoas a serem mais felizes, não podemos viver a vida por elas, nem as suas experiências. Logo, é logico que as mudanças têm de partir da própria força de vontade da pessoa.

 

E trabalhar em nós mesmos talvez seja a parte mais complicada da “conversa”, todos sabemos dar conselhos aos outros. Mas, saberemos nós fazer o mesmo connosco? Não necessariamente. Até porque é sempre mais fácil não olhar para nós…

Mas, também nós temos experiências. Também nós somos seres humanos. Também nós precisamos de mudanças a determinada altura da nossa vida. Também nós, necessitamos olhar um pouco para nós…

 

Se é fácil? Nem sempre, mas é importante!!

 

Por que razão havemos de manter a convicção a vida toda que os “outros” é que podem e nós não?

Por que razão é que não haveremos de experimentar fazer também?

Por que razão temos medo, sabendo que se não mudarmos nada, também não acontecerá nada de novo?

Por que razão recusamos ver a realidade sob outros pontos de vista, sabendo que nem sempre estamos certos?

Por que razão, esperamos sempre mais das pessoas, quando deveríamos, sim, esperar mais, mas, de nós mesmos?

Por que razão nos mantemos apegados a algo que não evolui, se o tempo urge, nós, estamos a perder tempo para viver novas experiências?

Por que razão dizemos nós os outros, “vai…”, mas, nós, ficamos quietinhos que nem “ratos” na toca, com medo das ratoeiras?

Por que razão ficamos nós parados no tempo à espera que quem nos fez mal caia do pedestal, engendrando planos e mais planos para os fazer cair? Será que vale a pena gastar a sua tão valiosa energia nisso? Quem sai desgastado no meio de tudo isso? Serão os outros???

Por que razão, queremos à força algo, quando a própria vida já se encarregou de nos mostrar que o nosso caminho não é por ali? Será que tem vislumbrado avanços na sua vida? Experimente alterar o rumo, e veja os resultados por si…

Por que razão entrar em negação, dizendo, "mas o que eu queria mesmo era...", o tempo avança, e nada é como era, pois todos crescemos. Ninguém fica estagnado no tempo! 

 

As questões acabam por ser infinitas, todavia a mensagem principal que pretendo passar é que ninguém pode fazer nada por si, se você decidir que também não quer fazer nada por si.

Todos temos direito a escolher, e são as escolhas que fazemos hoje, que constroem o nosso futuro amanhã?

E que futuro quer construir?

Se quer evolução. Há que romper com o estagnado!

Se, por outro lado sente medo de avançar, não necessita de fazer nada…

 

Independentemente do que queira para si. As mudanças, todas elas, devem ser implementadas por si. Deve ser você, interiormente a querer mudar. Não adianta, aqui haverem as famosas palmadinhas nas costas com um famoso “Tu és capaz”… Quem o rodeia até pode acreditar em si, mas você, também tem que acreditar e fazer as mudanças necessárias para alterar a sua história.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

O que o teu nome diz sobre ti?

Formações de numerologia

B.Stronger - Desbloqueia os teus medos

Compatibilidades

Que energia a tua casa emite?

Blogs Portugal