Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pelo Olhar Da Numerologia

Pelo Olhar Da Numerologia

07
Fev18

Para lá da dor!

bullying-3096216_1920.jpg

 

Para lá da dor!!

 

Existe neste momento atual muitas pessoas com queixas que vão muito ao encontro de; “parece que tenho o mundo inteiro contra mim”…

 

Ora bem, não é que na realidade as coisas se passem exatamente assim, como é relatado, mas, também não é mentira de todo! Parece confuso. Vou passar a esclarecer o porquê.

 

Ora bem, na verdade, parece mesmo que o mundo está de fato contra nós, o que na realidade é a nossa perceção do mundo e da nossa realidade. Na nossa cabeça é seguro assumir que o mundo inteiro nos aponta o dedo numa tentativa de nos apontar todas as falhas que eles possam e, se possível, mais algumas que encontrarem pelo caminho!

Isso na realidade, é apenas a nossa visão da nossa realidade, mas o que estará por trás de tudo isso??

 

A verdade por trás de farpas, e dedos apontados que nem facas espetadas contra nós, não é mais do que uma lição para nós. Lições que podem dar-se aos mais variados níveis da nossa existência, as quais podem ser melhor ou menos bem aprendidas ou assimiladas. Importante a reter é que; ninguém nos vai ajudar! E sim é precisamente por isso que parece que o mundo está efetivamente contra nós!!

 

Ele na verdade, não está coisa nenhuma. Ele está onde sempre esteve. Lá quieto na sua própria vida. Ele apenas nos “manda” mensageiros perfeitos para que assim consigamos ultrapassar desafios…

 

Mas… que desafios são esses e porque razão temos nós de fazer essa tão grandiosa travessia do deserto sozinhos e quase isolados do resto?

 

Simples… porque as lições a aprender são nossas. A vida é nossa. A missão de vida é nossa. O propósito de vida final é nosso, e só nós podemos fazer esse caminho. É solitário? Sim é. É muito duro? É de facto bastante duro, mas não há outra forma de aprender se não esta.

 

Temos, todos lições a reter. Temos todos propósitos maiores. Então se assim é, também todos temos que aprender coisas. Não se pode avançar em certos aspetos ou áreas da nossa vida sem antes passar por testes. Não faria sentido conseguir avançar sem antes aprender algo que nos fará falta mais à frente!!

 

É como se fosse um teste de escola, onde não se avança para o ano seguinte sem que antes nos seja testado, em teste final, se assimilamos bem as competências que eram necessárias saber antes de avançar. Aqui, na vida real passa-se precisamente a mesma coisa. E de facto mais ninguém pode fazer o que quer que seja por nós. Não pode mesmo.

 

Dói, aliás, é um caminho extremamente doloroso e nalguns casos penoso até, que traz muitas das vezes sofrimento associado, e que em última instância leva à exaustão, ao desespero, à raiva, ao choro, leva à frustração, leva a desistir, leva a ser negativo, leva a não acreditar no amanhã… etc… leva à desmotivação por completo. Coisa que de todo deve acontecer. Apesar de parecer uma tarefa difícil, não deve nunca acontecer chegar a estes extremos.

 

Os extremos, podem levar a bloqueios que podem revelar-se mais dolorosos ainda do que os testes, muito mais, dado que em muitos casos, os extremos levam a bloqueios de vida enormes e enquanto não conseguirmos ultrapassar, assimilar, aprender e acima de tudo aceitar a lição, não vamos avançar nunca, pelo contrário só vamos ver a vida a andar para trás… cada vez mais para trás…

 

Daí, a nossa sensação de que temos o mundo inteiro de costas voltadas para nós. Não temos. Na verdade, temos muitos testes e lições que por falta de visão, prática, ou falta de vontade não queremos ou não sabemos identificar, para que os possamos ultrapassar.

 

A vida não vai andar para a frente enquanto algo não for aprendido!!! É como na escola, não avançamos de ano se o teste final for de resultado negativo, e voltamos ao ano onde estávamos. Aqui passa-se o mesmo. A situação não evolui enquanto não aprendermos o que é suposto e enquanto não passarmos nos testes. Enquanto andarmos como que perdidos e/ou em negação, vamos voltar ao mesmo padrão, aos mesmos testes, às mesmas lições, às mesmas coisas, e, ao consequente bloqueio!

 

É tudo isto que está para lá da dor. Dói imenso passar por determinados testes, que na sua maioria são bastante densos, complexos e em muitos casos são processos morosos. Mas servir-nos-ão para que no futuro sigamos mais fortes na nossa vida. Inabaláveis!

 

Para lá da dor espera-nos o sucesso. Cada um terá o sucesso à sua maneira tendo em conta a situação que está a viver concretamente. Mas o sucesso está lá à nossa espera de braços abertos e feliz por saber que finalmente mais uma lição foi aprendida por nós. Por saber que finalmente ele nos pode dar aquilo que merecemos.

 

Nada virá grátis. Há processos muito duros, a maioria de negação, outros mesmo de aprendizagem. Em ambos os casos o grátis não é sequer aplicável. Há trabalho muito trabalho. Há dor. Há desespero. Há raiva. Há frustração. Há de tudo…

 

Tudo isso deve ser trabalhado ao máximo. Ora se em vez de sentir raiva, dor ou sequer frustração, porque não tentar fazer as coisas da seguinte forma; tentar encontrar uma solução ou uma saída para aquele desafio em concreto?

Todos os desafios têm uma saída, por mais que nos pareçam estradas sem saída. Provavelmente vai doer muito, mexer num problema que por si só já é doloroso, apesar de ser muito importante mexer na ferida para perceber exatamente onde e como lhe dói!!

 

Ao perceber onde e como aquilo lhe dói, vai certamente conseguir perceber melhor como e de que forma ultrapassar a situação. Se souber que algo lhe dói e a forma como dói, certamente chegará à conclusão daquilo que não quer passar ou sentir. Será então a partir daí que vai igualmente perceber qual a situação que se está a repetir na sua vida e consequentemente a bloqueá-lo. Aí chegará à conclusão que algo, dentro daquilo que é coerente para si, tem de fazer para que essa ferida não doa mais.

 

Sim, é preciso sentir a dor. É preciso tocar na ferida e perceber como ela dói, para perceber de seguida que não queremos mais sentir tal coisa. É preciso sentir a dor para saber que é ali sobre aquele assunto que temos de trabalhar e concentrar as nossas forças. Porque ao concentrar forças na dor vamos com certeza, à nossa maneira, tirar-lhe forças e ela vai cada vez doer menos!! 

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Blogs Portugal

Seguidores Blogs Portugal