Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pelo Olhar Da Numerologia

01
Set16

Como calcular o número de vida!

São muitas as dúvidas que dia-a-dia me vão chegando acerca da forma de somar as datas de nascimento a fim de saber qual o seu número de vida.

Existem várias formas de proceder aos cálculos. Não posso dizer se uma é mais certa ou menos certa que outra, já que são todas válidas.

Porém, a dúvida maior prende-se com os números de vibração dupla. Os números 11 e 22.

Muitas pessoas perguntam se estes números quando encontrados num mapa se decompõem. Para o 2 ou para o 4.

A resposta é não. No método que aplico não.

Vou usar uma data fictícia para dar um pequeno exemplo. 

 

Se alguém que tenha nascido a dia 11 de março de 1990 por exemplo. O 11 (referente ao dia de nascimento) vai manter-se.

Ou seja:

 

 Exemplo 1

11 - 03 - 1990

11 - 3   -   19

11  -3   -   10/1 = 15 (6)

 

Este número de vida, daria 6 quando a soma é feita desta forma, a chamada soma na vertical.

No entanto, daria um resultado diferente, caso se some tudo na horizontal.

Ou seja:

 

Exemplo 2

11+3+1990

1+1+3+1+9+9= 24 (6)

 

Embora resulte de novo um número 6 de vida. É sempre um 6 diferente, já que na primeira soma, o 6 era o resultado de um 15. Aqui, nesta soma, é resultado de um 24.

 

Como se pode verificar, ambas as somas, são válidas, no entanto, cada uma resulta numa coisa diferente. 

 

Entretanto vejamos a seguinte data: 

 

Exeplmpo 3

26 de novembro de 1992

26 - 11 - 1992 

 8  - 11  -   21

 8  -  11   -  3  = 22  (esta soma resulta num número de vibração dupla) 

 

vejamos agora a mesma data somada na horizontal:  

Exemplo 4

2+6+1+1+1+9+9+2  = 31/ 4 

** aqui, daria um 4 como número de vida. Logo, o 22 acabaria por não aparecer. Informação bastante útil. 

 

No entanto, a mesma data, com o 11 referente ao mês, decomposto para um 2 (1+1=2) dá um resultado ainda diferente.

 

Exemplo 5

26 - 11 - 1992 

 8  -   2   -  3 = 13/ 4

Neste caso, daria um 13/4, número kármico. 

 

Existem datas em que se a soma não for a vertial podemos passar ao lado de informações bastante úteis para as pessoas. Tais como números de vibração dupla, ou números kármicos. 

 

As formas de fazer os cálculos são várias, no entanto, a que mais uso é a soma na vertical, por me identificar mais, e por achar a mais acertada. 

 

Naturalmente, cada um utiliza o método com que mais se identifica. Porém, eu, utilizo e identifico-me apenas com a soma, que exemplifiquei no Exemplo 1.

 

número de vida.jpg

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal