Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pelo Olhar Da Numerologia

Pelo Olhar Da Numerologia

02
Ago17

Ano 6, sou tão feliz contigo!!

Ano 6, nem sabes o quão feliz me tens feito!

 

Hoje, trago-vos um tema que, apesar de não fugir ao tema do blog, se apresenta diferente, pois trago-vos um pouco da minha história com o meu ano pessoal. Num género de reflexão convosco sobre os anos pessoais e da importância de conhecer as energias transitórias dos anos.

 

Como já se devem ter apercebido estou num ano 6, e, desde que me conheço como numeróloga, a passagem pelo ano 6, nunca tinha acontecido, ou seja, este ano para mim, desperta-me a atenção para todo o tipo de pormenor, pois, enquanto profissional tendo a estar mais atenta e desperta para todo e qualquer sinal.

 

6-cliparts-1.png

 

Como profissional, sei também que um ano, não é só um ano, ou seja, o meu 6, tem que se lhe diga… e bem! É um 6 que traz muito mais do que um simples 6 consigo. Pois é, na verdade este 6 é resultado de uma série de combinações de números que, por si só já fazem uma gigante diferença naquilo que seria suposto ser um ano mais calmo e harmonioso.

 

Este ano, tem-me ensinado tanto coisas boas, como menos boas. Sim, nós também temos desafios. Nós também passamos pelas mesmas energias que qualquer pessoa passa, e nelas, também existem desafios!

Este ano tem-me obrigado a despertar para imensas coisas, uma das quais, para a capacidade de observar as energias com uma atenção que, até há bem pouco tempo, não tinha.

 

Meu querido 6, tens-me feito tão feliz, que sinto que se não fosses tu, muitas coisas, ainda estariam lá atrás no tempo, a fazerem de mortas, e tu tens obrigado essas mesmas coisas a virem ter comigo, a virem ao cimo. E que bem…

 

Tendo em conta que te encontras inserido no ano 2017, ano universal 1, tens-me levado a fazer escolhas, sim muitas escolhas, escolhas que me levam a um único caminho. À concretização de algo novo na minha caminhada. Escolhas que me têm levado inevitavelmente a tomar partidos. Escolhas que me têm levado onde o meu coração me queria levar, mesmo que eu não quisesse assumir ou ver, ou sequer despertar para essas possibilidades de caminhos.

 

E sim, essas escolhas que fiz, tenho vindo a fazer e que certamente ainda mais vou fazer, têm-me feito muito bem, muito feliz. É difícil escolher? É! Tentei adiar algumas decisões? Sim! Tal como disse, nós, também temos desafios, e também nós temos de os ultrapassar, não é por ser profissional que sou perfeita. Apenas estou mais desperta para os pequenos pormenores e isso, sem dúvida é uma grande ajuda na medida em que já sei de antemão que, quer queira quer não, as coisas têm de ser feitas e devem seguir determinada tendência.

 

escolha.jpg

 

Mas, e como em tudo existe um, MAS, este 6 vem com outras energias consigo, e, essas, mexem com todo este 6, que supostamente seria um ano onde a paz, o equilíbrio e a família seriam os principais motes. Não, não tem sido quase nada assim… este 6 tem se mostrado bastante agitado e, nalguns momentos tem feito com que quase me sentisse tentada a deixar algumas questões para trás, mesmo sabendo que não devia, senti. Os desafios estão cá, e fazem-se sentir na sua plenitude.

 

Este 6 tem me levado a caminhos que um 6 natural não levaria, ou seja, a mudanças, algumas mais acentuadas que outras, mas, todas essas mudanças visam uma coisa. Equilíbrio e amor. Ou seja, nalguns momentos tive que tomar decisões que implicavam mudanças, e, essas escolhas eu teria sempre de seguir o meu coração, sabendo que estas me levavam a um equilíbrio.

 

Ou seja, algumas coisas, se não quase tudo na minha vida teria de sofrer alterações no decorrer deste ano. E mesmo sabendo de todas as qualidades e desafios deste ano, não posso dizer que o processo é mais ou menos fácil. O processo apenas é mais consciente. Porque sejamos sinceros, nem sempre é fácil tomar partidos, fazer escolhas, fazer opções que impliquem outras pessoas, ter de deixar coisas para trás porque outros valores maiores se começavam a levantar… etc!

 

Ser numeróloga, apenas me dá as bases e as diretrizes, como um gps, não me traz nenhuma solução milagrosa para resolver dilemas! Apenas me torna mais consciente das energias que o ano me pede. E é a partir desse mote que tenho de trabalhar as energias que o mesmo ano pede. Não há milagres. Há apenas trabalho.

 

Voltando ao meu 6… tem sido um grande ano, apesar de não o parecer, pois um 6 natural tende a ser um ano calmo e de poucas oscilações!

Não, o meu 6 tem sido além de muito rápido, tem sido igualmente bastante mexido… e que bem que ele tem mexido. Tem promovido mudanças na minha vida, e algumas tão boas e deliciosas que, um 6 natural nunca me poderia dar oportunidade. portanto só tenho a agradecer a experiencia deste maravilhoso 6!!

 

Sim, os desafios têm sido igualmente interessantes, e claro trazem sempre uma aprendizagem. Apesar de que as coisas boas prevalecem sempre!

 

Um ano 6 natural, tem também a vertente da família em foco, mas, este meu 6, nem por isso. Este meu 6 tem trazido outro tipo de coisas que não têm passado pela família.

Mas o ano 6, traz igualmente a ideia de casamentos, divórcios, nascimentos na família…etc… no meu caso, ou melhor, no caso deste 6, com estes trânsitos que o acompanham, não tem trazido tanto essa vertente apesar de, ao meu redor (amigos/família) terem havido alguns nascimentos de bebés…

Inserido num ano 1 como se insere, este 6 tem em si uma componente de mudança para algo novo muito forte. E é precisamente esse o motivo que me tem levado a escolhas. E não me valeu de muito ter tentado deixar algumas de parte. Elas voltaram e com mais força do que da primeira vez!! Foi muito pior e acabei por ter que tomar partidos sob pressão e sem grande tempo para pensar!!

 

question-2309042_1920.jpg

 

Apesar de todos os desafios, este meu 6, tem-me feito muito feliz, pois tem-me trazido coisas muito boas. Experiências que nunca pensei vir a ter, mas que tanto me têm trazido de bom e tanto me têm ensinado que não troco por nada. Tudo é necessário para a nossa evolução, até os desafios! E não teria certamente trilhado o caminho que até aqui trilhei sem eles, pois na verdade, são os desafios que mais nos ensinam. Pois é com eles que mais temos que nos debater.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

O que o teu nome diz sobre ti?

Formações de numerologia

B.Stronger - Desbloqueia os teus medos

Compatibilidades

Que energia a tua casa emite?

Blogs Portugal